"Eu sempre vivi sem você. Eu sei viver sem você. Eu consigo. Só que eu não quero. Não quero pelo simples fato de que é bom amá-lo. E você faz a minha vida ser melhor. Ter um sentido mais bonito. Um sabor diferente. Uma melodia que faz sorrir.” Clarissa Corrêa

Eu percebi que você amenizava os problemas.


indiretas:
1 month ago · 668 notes · reblog this shit
originally vodkaeputaria · via embrazando
“Amor bonito mesmo é aquele que supera mais uma briga, mais uma crise de ciúmes, aquele que volta depois de muito “sai daqui” e fica quando aparece um “vai embora”… Amor bonito mesmo é aquele que a cada dia, bom ou ruim, continua existindo, continua querendo ser amor depois de ser comparado a qualquer outra coisa. Amor de verdade é bonito, sem sorrisos forçados e aparências perfeitas, mas com brigas e ciúmes perto das pessoas, brincadeiras e mimos. Amor é aquele que é amor depois de todo e qualquer tempo.”
— (via garoou)

indiretas:
1 month ago · 815 notes · reblog this shit
originally garoou · via dil4cerada
“Deita do meu lado e me deixa perder os olhos em você. Cada canto do teu rosto me pertence por direito. Quero dedilhar teu corpo carinhosamente e me perder em teus lábios macios. Sentir meu estômago revirar só com a tua presença. Me sentir enfim, viva e feliz, realizada por ter todos os teus beijos e tua atenção. Te fazer somente e eternamente meu, e dedicar a vida para saber que você é o que me faltava para esse conto épico. Porque ao teu lado eu sinto que mesmo não acreditando em histórias, posso ser feliz para sempre.”
Eu te amo tanto. 

“O negócio é que eu não supervalorizo o sexo, não coloco o meu corpo em um pedestal, como se ele fosse um troféu intocável. Eu acho uma coisa natural. Pra ser feito com cuidado e intimidade, sim. Mas pra ser feito!”

— Andressa, in-completa404